ATO DE REPÚDIO AO FEMINICÍDIO MOTIVADO POR MORTE DE BAILARINA ACONTECERÁ EM MARINGÁ



No próximo sábado, 01º de fevereiro, irá acontecer um ato de repúdio ao feminicídio, na cidade de Maringá. A manifestação está sendo motivada pela morte da bailarina Maria Glória Poltronieri Borges, de 25 anos, que foi assassinada próximo a uma cachoeira em Mandaguari.

A organização do ato é autônoma e, de acordo com informações da organização, repudia a violência de gênero.

O evento foi criado em uma rede social, e, em menos de 24 horas, mais de 700 pessoas já tinham confirmado presença na manifestação, além de outras 900 que demonstraram interesse.

O ato terá início na Praça Renato Celidônio, (Praça da Prefeitura), a partir das 16h do sábado.

SOBRE O CASO:

A bailarina foi encontrada morta na tarde de domingo pela própria irmã com sinais de violência e estrangulamento.

Magô, com era chamada pela família e amigos, foi ao local no sábado (25), para acampar.

A Polícia Civil está investigando o homicídio e já tem fotos de pessoas que passaram pela cachoeira no fim de semana. Os investigadores vão identificar essas pessoas e ouvi-las.

🚨🚔🚑🚁🚒🚨

Notícias de Marialva!

🤳🏻Plantão 24 horas pelo WhatsApp📱(44) 9 9734-7144

© Copyright 2019, All Rights Reserved Notícias de Marialva

  • log whats
  • FACEBOOK
  • INTAGRAM