DIVISA ENTRE MARIALVA E MANDAGUARI VOLTA A SER TEMA DE DISCUSSÃO ENTRE AS CIDADES



Em reunião, realizada pela unidade regional do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na última quarta-feira (19), na cidade de Mandaguari, o vice-prefeito da cidade, Ari Stroher, fez uma cobrança ao órgão sobre a divisa entre Marialva e Mandaguari. Ele lembrou que existe uma área que é alvo de disputa judicial entre as duas cidades.


O que acontece é que até 1951 Mandaguari era uma cidade com extensão territorial maior do que possui atualmente. Porém, quando aconteceu a emancipação política de Marialva, no dia 14 de novembro de 1951, o limite entre as cidades foi alterado, passando pela BR-376, nas proximidades da Fiação Cocari. Antes deste ano, a extensão de Mandaguari alcançava alguns quilômetros além do trecho onde está instalada a praça de pedágio.


Apesar da lei ter definido isso há décadas no papel, na práticas as coisas são bem diferentes. Isto porque, os imóveis e população da localidade onde, em teoria, pertence a Marialva, continuam registrados como pertencentes à Mandaguari. Além disso, a população dali são atendidas pelo poder público de Mandaguari com serviços de saúde e até mesmo transporte escolar.


O coordenador regional do IBGE afirmou que não é da competência do órgão mudar extensões territoriais, e que é o ITCG (Instituto de Terras, Cartografia e Geografia do Paraná), que deve atuar na questão. Portanto, até segunda ordem, o IBGE trata a área como pertencente em Marialva.


Este assunto já foi discutido em 2007, pela Assembleia Legislativa do Paraná, Alep, porém o assunto foi arquivado em 2007, quando foi alegado que quem deve resolver a questão é a União, ou seja, o Governo Federal.


🚨🚔🚑🚁🚒🚨

Notícias de Marialva!

🤳🏻Plantão 24 horas pelo WhatsApp📱(44) 9 9734-7144

© Copyright 2019, All Rights Reserved Notícias de Marialva

  • log whats
  • FACEBOOK
  • INTAGRAM