PARANÁ ESTÁ EM EMERGÊNCIA HÍDRICA E RODÍZIO DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA SÃO AUTORIZADOS PELO GOVERNO



O governador Rainho Junior (PSD) decretou situação de emergência hídrica no Paraná, pelo prazo de 180 dias, a partir de ontem, quinta-feira (7), data de assinatura da medida.

O estado passa por um período prolongado de estiagem, que ocorre desde junho de 2019, e tem causado impactos diretos no sistema de abastecimento público, segundo a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

O decreto do governo permite oficialmente que as companhias de abastecimento de água realizem rodízios de até 24 horas. O prazo de 24 horas poderá ser extrapolados em situações emergenciais.

O texto ressalta que, segundo registros do Simepar e do Instituto Água e Terra (IAT), entre fevereiro e abril, "a anomalia de precipitação atingiu o Paraná de forma generalizada, com valores entre 30% e 90% de déficit, configurando situação de estiagem hídrica nos mananciais de abastecimento".

Também foi determinada a criação de um grupo de trabalho, que deve conduzir as tomadas de decisão sobre o abastecimento de água no estado.

O grupo, conforme decreto, será formado pelas secretarias estaduais de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) e Agricultura e Abastecimento (Seab), além de membros da Polícia Militar (PM) e Coordenaria Estadual de Defesa Civil.

🚨🚔🚑🚁🚒

Notícias de Marialva!

🤳🏻Plantão 24 horas pelo WhatsApp📱(44) 9 9734-7144


© Copyright 2019, All Rights Reserved Notícias de Marialva

  • log whats
  • FACEBOOK
  • INTAGRAM